Seriados clássicos esquecidos no tempo

10602_900x364_LNC_BlogImage_May_HollywoodProd

O tempo passa, as tendências mudam, e as coisas que eram populares são gradualmente esquecidas. Pode ser um pouco triste se pararmos para pensar nisso, mas podemos ignorar que as coisas que eram amadas vão permanecer vivas na memória.

Os seriados eram mania nos anos 80 e início dos 90, com uma série de sucessos que faziam os fãs se reunirem na frente da televisão toda semana. Sim, muitas dessas séries são raramente mencionadas hoje em dia, mas naqueles tempos, elas estavam nas capas das revistas.

Claro, olhando hoje, esses programas, que eram populares na época, podem ser tidos hoje como um pouco cafonas. Mas para aqueles de nós que eramo jovens naquela época, essas séries eram hilárias e maravilhosas. Vamos dar uma olhada nos seriados de televisão mais populares que ficaram praticamente esquecidos no tempo.

Quem é o Chefe? (Who’s The Boss?)

Você sabia que isso era uma ideia maluca lá em 1984? Que o protagonista homem fosse a “dona de casa” e a protagonista mulher fossa a poderosa e rígida chefe da casa. Estrelando Tony Danza, Quem é o Chefe? foi um fenômeno quando foi lançado, e continuou popular por muitos anos.

Uma das ideias mais interessantes do programa foi adotar a história de vida real de Danza no seriado. Na vida real, Danza era um jogador de beisebol aposentado, um assunto que foi incluído na história e mencionado em vários casos. Além disso, o seriado usava todos os recursos de comédia populares na época, combinados com piadas que não envelheceram tão bem quanto seria de imaginar. De qualquer maneira, “Quem é o Chefe?” é lembrado com carinho por muitos.

Três é Demais (Full House)

Tendo estreado alguns anos depois de “Quem é o Chefe?”, Três é Demais foi lançado em 1987. Como os outros seriados da época, ele tinha aspecto que deu muito do combustível para a comédia da série. Em Três é Demais, havia três figuras masculinas peculiares, com personalidades totalmente diferentes. E, claro, esses três homens tinham a tarefa de cuidar de uma família, muito parecido com o filme “Três Solteirões e um Bebê”.

“Três é Demais” foi exibido por vários anos até 1995, quando finalmente perdeu o fôlego. Em seus anos de exibição, a série catapultou as gêmeas Olsen para o estrelato, dando a elas fama muito depois de Três é Demais ter chegado ao fim. De qualquer forma outra, é incrível ver duas meninas, ambas tendo interpretado uma única personagem no programa, se tornarem mulheres. Agora temos a Fuller House, um spin-off da original, um seriado para mostrar o que acontecem depois, mas infelizmente as gêmeas não participam!

Primo Cruzado (Perfect Strangers)

O que acontece quando seu primo maluco e inocente, de uma parte desconhecida do mundo, vem morar com você na cidade grande? Risadas, é claro, e um monte de piadas sobre peixe fora d’água. “Primo Cruzado” devia muito do seu sucesso ao ator Bronson Pinchot, que interpretava o extremamente adorado personagem Balki Bartokomous.

O programa teve várias temporadas, e foi extremamente popular até o dia em que foi cancelado, em 1993. Outro seriado que tinha um incrível sucesso. Alguém a fim de fazer a dança da alegria?