Por que o jogo ilegal ainda é uma opção atrativa

Illegal gambling- an expensive business

Jogos de apostas e de cassino são atividades populares ao redor do mundo, e têm sido assim por centenas de anos. A maneira com que indivíduos lidam com o jogo parece bem consistente; a maioria das pessoas gostam e o fazem com segurança. O que parece ser bem diferente é o relacionamento que diferentes países têm com a prática e as regulações e leis que impõem para controlá-lo.

Países como o Reino Unido e Canadá são muito liberais com suas leis sobre jogos; China e muitas outras nações não são. Para a maioria, até quando o jogo on-line é ilegal dentro de certas fronteiras, a lei não é aplicada a cidadãos que escolhem locais de aposta fora do território. Eles não têm refúgio em outros países, mas enquanto eles estiverem jogando com operadores que são regulamentados por entidades internacionalmente reconhecidas, como a Malta Gaming Authority, eles podem acreditar que estarão seguros.

Com tantos cassinos on-line de alta classe regulamentados e locais de aposta para os legalmente adutos, o problema não é nessa área. Muito mais comuns são as várias formas de jogos de aposta ilegais em locais físicos e apostas entre crianças. Vamos dar uma olhada em por que essas atividades são tão comuns.

O jogo desregulamentado apela em vários níveis

O jogo ilegal é praticado por vários motivos diferentes. Quando quase ou até todas as formas de apostar são criminalizadas, essa pode ser a única opção. Na China, por exemplo, raspadinhas, Keno e certas apostas esportivas são as únicas atividades de apostas permitidas por lei. Como a população chinesa adora apostas em todos os formatos, isso levou não apenas a um tráfico chinês intenso em locais de aposta fora de seu território, mas também a salões de aposta escondidos atrás de placas de barbearias e lojas de massagem nos pés.

Os estabelecimentos de jogos não licenciados também precisam, por sua natureza, ser extremamente discretos. Em países onde os cassinos e apostas esportivas são socialmente julgadas, isso pode causar apelo àqueles que querem manter o respeito de seus vizinhos, especialmente quando cassinos on-line e apostas esportivas são ilegais. Um motivo relacionado e menos agradável para apreciar essa dissimulação é que, já que a maioria dos apostadores apostam e ganham em dinheiro vivo, os impostos nas receitas são muito mais fáceis de evitar.

A emoção de fazer algo ilegal também não deve ser ignorada. Os apostadores são, por natureza, um grupo que aceita riscos; acrescentar a excitação em ferir a lei com os procedimentos apenas os deixará mais tentados a jogar. Mesmo quando um cassino on-line ou agente de apostas estiver disponível, com propostas excelentes, essa sedução pode ser difícil de superar.

Os riscos dos jogos ilegais

A maior preocupação com os estabelecimentos de jogos ilegais é que eles não vão tratá-lo corretamente, e não haverá ação que você possa tomar quando isso acontecer. De se recusarem a pagá-lo quando você ganhar a permitir que você aposte mais do que puder usando de violência e intimidação para obrigá-lo, operadores desregulamentados fazem o que quiserem, essencialmente.

As agências de apostas também podem estar envolvidas em combinações de resultados, pagando para garantir um resultado específico de um evento e depois influenciando as chances que oferecem para maximizar seus lucros. Novamente, estabelecimentos regulamentados não podem fazer isso. A maior preocupação aqui é que as pessoas que são vítimas de comportamentos problemáticos nas apostas entram em conflitos ao invés de pedirem a ajuda que precisam, já que isso seria legalmente solicitado delas em estabelecimentos honestos.

Skin Gambling: está tudo bem com as crianças?

Uma preocupação crescente é o skin gambling nos jogos on-line, condenado por vários líderes do ramo, mas que ainda acontece. No skin gambling, bens virtuais usados nos jogos são usados quase como fichas de cassino para apostar nos resultados de eventos de e-Sports. Conforme a popularidade dos jogos e dos e-Sports continua crescendo, isso vai se tornando uma preocupação crescente.

As skins, ou bens virtuais, passaram a estar disponíveis para compra dentro dos aplicativos por um tempo. Enquanto isso começou inocentemente o suficiente, a forma como essas compras agora são apresentadas como pacotes de itens atraiu uma crítica séria sobre plantar as sementes para futuros problemas com jogo nas crianças. Com o skin gambling pegando tanto impulso, essas preocupações podem ser bem fundadas. Quaisquer que sejam os problemas que os debates sobre jogos de aposta possam levantar, a maioria das pessoas pode concordar que 11 anos de idade é cedo demais para fazer isso — e essa é a idade dos mais jovens que praticam o skin gambling.

YouTube:

Links de pesquisa:

http://www.smh.com.au/world/chinas-gambling-addiction-could-prove-tempting-to-beijing-20130910-2thh1.html

https://www.mirror.co.uk/news/uk-news/children-young-11-illegal-gamblers-10028549

https://www.theaustralian.com.au/sport/tennis/match-fixing-more-tempting-for-young-players-says-nadal/news-story/ba0c4c7b7c97000cd9ee6e801fb22ad6