Franquia de Exterminador do Futuro do melhor ao pior filme

terminator

O filme “O Exterminador do Futuro” original foi incrível. Combinou um conjunto verdadeiramente único de conceitos no cinema, misturando viagem no tempo, robôs assassinos e efeitos especiais inovadores em um único filme. O público da época ficou deslumbrado, e era quase certo que a obra-prima de ação amplamente reconhecida teria sequências.

Claro, quando se trata de sequências, às vezes é bom, às vezes não. Especialmente onde a franquia Exterminador do Futuro é considerada. Vamos dar uma olhada nos filmes de Exterminador do Futuro, do melhor para o pior.

O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final

Ainda considerado por muitos como o maior filme de ação de todos os tempos, “O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final” realmente não tem concorrência. Possui não apenas efeitos especiais práticos e digitais surpreendentemente bons, mas também consegue encaixar uma relação tocante entre um jovem John Connor e um robô assassino. Há poucos filmes que podem inspirar tanto temor quanto lágrimas, e o “O Exterminador do Futuro 2” é um desses filmes. Um pouco de cinema lendário por vários motivos e, de longe, o melhor filme da série.

O Exterminador do Futuro

Inovador no gênero de ação, fazendo a carreira de Arnold Schwarzenegger e deixando as pessoas de queixo caído em todo o mundo, o filme original de Exterminador do Futuro ainda é um espetáculo. Claro, ele não parece ótimo para os padrões modernos, mas em 1984 foi incrível. Ainda há muito para o público moderno apreciar, e o filme continua ótimo, mesmo depois de todos esses anos. Alguns podem argumentar que é o melhor da franquia, mas isso realmente é discutível.

Você pode participar da diversão e desfrutar de toda a ação de “O Exterminador do Futuro” no Lucky Nugget Casino! Jogue este slot de primeira categoria agora, e com certeza você voltará por mais!

O Exterminador do Futuro: A Salvação

Embora visualmente impressionante e certamente uma maravilha dos efeitos especiais, “O Exterminador do Futuro: A Salvação”, o quarto filme da franquia, começou a tendência de se afastar de argumentos emocionais e se concentrar em efeitos especiais deslumbrantes. Há alguma emoção, mas sem personagens profundos e atuações decentes ele fica um pouco monótono. Este também foi o primeiro filme de Exterminador do Futuro sem Arnold Schwarzenegger, uma heresia dupla para o público e para os críticos.

O Exterminador do Futuro 3: A Rebelião das Máquinas

Os estúdios de cinema decidiram claramente que os filmes de Exterminador do Futuro precisavam de mais sex appeal, e assim veio “O Exterminador do Futuro 3: A Rebelião das Máquinas. Arnold está de volta, embora este tenha sido oficialmente o terceiro filme da franquia. O filme é extremamente impressionante em efeitos visuais, com algumas sequências de ação incríveis. Mas o impacto emocional do filme está novamente em falta, em comparação com filmes anteriores.

O Exterminador do Futuro: Gênesis

O quinto filme da série, e o lançamento mais recente, Arnold volta após sua ausência, mas não para o melhor da franquia. Parecendo corrido, sem graça, com quase nenhum impacto emocional verdadeiro e com um enredo pouco chamativo, esse filme de Exterminador do Futuro deveria ter recebido uma reformulação completa antes de chegar a qualquer lugar perto de uma tela de cinema. De longe, é o pior filme de Exterminador do Futuro e um testemunho do fato de que uma série de sequências não é uma boa ideia, especialmente quando um conceito perde claramente a base.